NOSSAS ÚLTIMAS NOTÍCIAS


25

out

Convivência no trabalho

Convivência no trabalho

Ambiente de trabalho

Convivemos diariamente em um ambiente corporativo no qual tornam-se essenciais valores como: solidariedade, tolerância, respeito, compromisso e tantos outros.
Como uma forma de traduzir o sentido desses valores, podemos refletir sobre um único conceito: companheirismo. Interessante conhecer que, inspirados no sentido de agregar coletivamente, os mercadores europeus entre os séculos XV e XVI criaram empresas baseadas no conceito de companheirismo, denominadas, “Companhias” Marítimas.
De fato, ao seguir viagem a barco, imersa em um ambiente hostil como é o de mar aberto, acometida das incertezas meteorológicas, amedrontada por possíveis ataques de piratas, a tripulação recorria ao método de sobrevivência das “Companhias”. Há de se saber que para as longas viagens oceânicas a alimentação deveria ser racionada, de maneira que todos tivessem a sua justa porção.
Aliás, a tradução etimológica da palavra companhia vem do latim: cun, pan, ia, “comer o mesmo pão”. Em comparação ao mundo das corporações, neste mar aberto que é o mercado, torna-se essencial o refinamento das relações humanas, não cabendo apenas à empresa (instituição) o disseminar deste conceito, mas a cada tripulante da embarcação, colaborando individualmente por um objetivo coletivo, um êxito comum, a busca de caminhos para uma convivência saudável.

Organização
Por meio dessa analogia dos desbravadores navais do passado com os sistemas empresariais de hoje, são notórias as semelhanças organizacionais. Assim como um barco necessita de um grupo engajado, colaborando mutuamente, cada qual atribuído a uma tarefa.

Fonte: Porto Seguro